Segunda-feira, 26 de Outubro de 2009

Papel Higiénico

Ao longe, ao luar,

no rio uma vela

serena a passar

que é que ela me revela?

 

Não sei, mas meu ser

tornou-se-me estranho,

e eu sonho sem ver

os sonhos que tenho.

 

Que angústia me enlaça?

Que amor não se explica?

É a vela que passa

na noite que fica

 

Nem é porque eu sinta

uma dor qualquer.

Minha alma é indistinta

não sabe o que quer.

 

Tenho tanta pena!

Soubesse eu de quê!......

 

 

Autor: Jaiminho do autoclismo

publicado por angel13 às 11:30

link do post | favorito
De M.Luísa Adães a 18 de Agosto de 2011 às 18:10
E assim se perdeu um artista!

Mª. Luísa
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 


.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Papel Higiénico

. ALVARINHO

. PROSTITUIÇÃO INFANTIL

. PERÍODOS MENSTRUAIS

. SEXO ESCRITO

. O ERRO SINTÁCTICO COMO DI...

. ESPEZINHEM OS HOMOSSEXUAI...

. QUERO ENGATÁ-LAS, MAS NÃO...

. BIFE COM BATATAS FRITAS

. QUEM NÃO CHORA NÃO MAMA

.arquivos

. Outubro 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

blogs SAPO

.subscrever feeds