Terça-feira, 23 de Dezembro de 2008

Conto de Natal

O Pai Natal sabe que ninguém tem

um instrumento igual ao meu;

venham apreciá-lo e hão-de ver

o tesouro que ele me deu.

Tomai-o- isso!- na mão, massajai-o

quem o gosto lhe descobre sucumbe

de doce paladar.

Tão alto como um pilar,

visto ao longe no horizonte

venham pegar e apertá-lo

com força na vossa mão, mas

sem o magoar!

E vejam como endurece

tão forte e magistral, se quereis

colher que bem remexa,

outra melhor não tereis

para panelas sem queixa.

Deixai-o penetrar por

entre matos e florestas

e descansar na vossa tenda

ardente.

publicado por angel13 às 14:37

link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Papel Higiénico

. ALVARINHO

. PROSTITUIÇÃO INFANTIL

. PERÍODOS MENSTRUAIS

. SEXO ESCRITO

. O ERRO SINTÁCTICO COMO DI...

. ESPEZINHEM OS HOMOSSEXUAI...

. QUERO ENGATÁ-LAS, MAS NÃO...

. BIFE COM BATATAS FRITAS

. QUEM NÃO CHORA NÃO MAMA

.arquivos

. Outubro 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

blogs SAPO

.subscrever feeds